Facebook
Foro Franchesados
Os Nossos Prèmios
Audio Radio
Suscriver newsletter

Noticias

César Vidal – Director Comercial do Master Retoucherie de Manuela em Portugal(05/03/2009)

Tormo.pt falou com o Director Comercial do Master Retoucherie de Manuela em Portugal, que nos revelou os pontos fortes deste negócio, há 10 anos no nosso país. O responsável fala do apoio que a rede presta aos franchisados que querem iniciar um negócio com a marca e da versatilidade de um conceito de arranjos de roupa "original e pioneiro em Portugal".

cesarvidalfoto.jpg

Desde que trouxe o conceito para Portugal, em 1999, abriram 25 lojas. Quais os projectos de expansão para 2009?
Pensamos abrir entre 4 a 6 lojas, de acordo com a qualidade dos espaços disponíveis.

Qual vai ser a estratégia da rede para fazer cumprir esses objectivos?
Vamos apostar, como temos feito até aqui, em espaços de qualidade, que nos ofereçam garantias de sucesso, para que o franchisado se sinta mais confiante no seu investimento, diminuir o risco do investidor é neste momento o grande desafio do Master.

Que novidades trazem para este ano, um ano que se avizinha difícil quer para empresas, quer para os bolsos dos portugueses?
Temos que reconhecer que os portugueses, estão muito mais exigentes na forma como utilizam o seu dinheiro, principalmente no nosso sector. Com o aumento de novos sucedâneos, banalizou-se um pouco o conceito dos arranjos de roupa.
O que vamos fazer é ajudar os nossos franchisados a manterem o nível de qualidade do nosso serviço, que é uma característica da nossa marca, graças a uma longa experiência de 34 anos. Vamos, por exemplo, aumentar o número de vagas do cliente mistério. Actualmente, fazemos duas por ano, no sentido de reforçar a qualidade geral da rede. Desta forma, não só o Master, como também cada franchisado, consegue aperceber-se do que pode não estar tão bem em determinada unidade, para que o cliente possa confiar e sentir que está perante um serviço que tem seguramente uma boa relação preço/qualidade.

Qual é o investimento necessário para abrir uma loja Retoucherie de Manuela, o que é que esse valor inclui?
São 52.000€ para o modelo de loja clássica e inclui os direitos de entrada, a montagem completa da loja, formação, stock inicial e campanha publicitária de lançamento.
A Retoucherie de Manuela tem actualmente 5 linhas de negócio, em diversos formatos, para facilmente se adaptarem às circunstâncias da oferta de espaços. Realço uma das cinco, por ser mais completa, que é a Retoucherie de Manuela Plus, e que consiste em ter arranjos de roupa e lavandaria no mesmo local, com zonas diferenciadas, quer na parte técnica, quer no atendimento ao público.

Quais são os apoios que prestam aos futuros franchisados no processo de montagem do negócio?
Ao entrar para a rede Retoucherie de Manuela, os franchisados dispõem de um serviço de apoio contínuo, que inclui: escolha da localização apropriada; protocolos com os principais bancos; projecto de instalação e decoração da loja (entregue totalmente equipada e informatizada, com maquinaria e stock inicial); formação do pessoal; campanha publicitária de lançamento; acompanhamento especializado na primeira semana de abertura; supervisão e formação constantes; cliente mistério; campanhas anuais de marketing e publicidade.

Qual é em média o tempo de retorno do investimento feito?
Dependendo do local, o retorno pode ser de um ano e meio a três anos.

Retoucherie de Manuela é um franchising rentável? Quais os pontos fortes do negócio?
É sem dúvida rentável. Se não fosse, não haveria tantas tentativas de imitação. A Retoucherie de Manuela foi a marca original e pioneira em Portugal a oferecer este conceito inovador de um espaço, aberto ao público, para prestar um serviço personalizado de arranjos de costura, onde a rapidez e o profissionalismo são apanágio. Somos, sem dúvida, a marca de referência neste sector, não só pelos nossos 34 anos de experiência (dos quais 10, em regime de franchising), mas também, e sobretudo, pelo real cumprimento dos prazos de entrega – em 1 hora, no dia e em 24 horas, consoante o grau de dificuldade do arranjo.
As necessidades do nosso tempo exigem soluções eficazes e práticas. Já é possível ir a um Shopping, comprar vários pares de calças e levá-los todos para casa com a bainha à sua medida, em apenas uma hora. Este é o serviço da Retoucherie de Manuela.

Como avalia actualmente o sector de arranjos de roupa no país?
O sector de prestação de serviços tem estado sempre em crescimento, apesar da conjuntura pouco animadora da nossa economia. Tratando-se de um negócio de baixo investimento e boa rentabilidade, desde que se consiga garantir o nível do serviço oferecido, não me parece que seja difícil manter a curva ascendente no nosso sector. É verdade que estabelecimentos congéneres têm proliferado um pouco por toda a parte, banalizando este conceito, como já referi, mas o cliente acaba sempre por saber seleccionar a qualidade e o profissionalismo.

A crise económico/financeira que se instalou em 2008, e que segundo especialistas irá prevalecer em 2009, afectou a vossa actividade? Em que medida?
Como não se fala de outra coisa, é natural que as pessoas fiquem um pouco retraídas e assustadas quanto à melhor utilização do seu dinheiro. Face às notícias pessimistas que vão entrando pela casa dos portugueses, é um facto que, no último trimestre, o mercado em geral sentiu um abrandamento no consumo. Mas não podemos, por enquanto, classificar pequenas descidas logo seguidas de recuperação, como sintoma da crise. No cômputo geral, o ano de 2008 foi um ano de crescimento normal.

Que balanço faz da actividade, crescimento, volume de negócios do ano transacto?
O balanço é francamente positivo.

Redacção Tormo.pt

Ver TODAS as noticias
- Retoucherie de Manuela © (Franchising Portugal)
Apresentação | Os Nossos serviços | O Franchising | Rede de Estabelecimentos | Promoções | Master Franchising
Arranjos de Roupa | Arranjos Express | Transformaçõe de Roupa | Tinturaria | Lavandaria | Bordados | Aviso legal